conecte-se conosco

Esporte

Potiguar Thalita Simplício vence rival chinesa e conquista o tricampeonato mundial nos 400m no Japão

Published

on

A potiguar Thalita Simplício venceu novamente sua disputa contra a chinesa Cuiqing Liu na prova dos 400m da classe T11 (deficiência visual) e conquistou o tricampeonato mundial na manhã deste domingo (no Brasil), 19, em Kobe, no Japão, onde acontece o Campeonato Mundial de atletismo até o próximo dia 25.

Thalita, que teve um glaucoma congênito, trava boas disputas com a chinesa, que é a atual recordista mundial da prova, desde os Jogos de Tóquio 2020, quando Thalita acabou sendo desclassificada ao cruzar a linha de chegada. Em Kobe, a velocista de Natal superou a pista molhada por causa da chuva na cidade japonesa e finalizou a distância em primeiro lugar, com 57s45, seu melhor tempo na temporada.

Foi seu terceiro título mundial após as vitórias em Paris 2023 e Dubai 2019 e chegou ao seu sétimo pódio em Mundiais no total, sendo três ouros, uma prata e três bronzes. A rival asiática chegou na segunda colocação, com 58s32, e Lahja Ishitile, da Namíbia, completou o pódio com 58s37.

“Na chegada, travei muito no final. Ainda bem que caí depois da linha de chegada. Doeu muito esses 400m. Sabíamos que as adversárias queriam me superar. Mas conseguimos fazer uma boa prova no geral”, avaliou Thalita.

“Passou um filme na cabeça, estava chovendo aqui no Japão, igual ao cenário que competimos nos Jogos de Tóquio. No começo da prova, estava toda hora tentando esconder a guia para não molhar, pois foi isso que nos prejudicou na prova daquela vez, quando a guia escorregou da nossa mão”, recordou.

O país terminou o dia no Japão somando 14 pódios, sendo oito ouros, quatro pratas e dois bronzes, na segunda colocação. A líder China tem dois ouros a mais do que os brasileiros, além de oito pratas e oito bronzes.

Com informações de Terra

Confira as últimas notícias e atualizações do Rio Grande do Norte no Blog Alex de Olho nas Notícias. Com sede em Carnaubais, Alex traz para você o melhor das notícias locais desde 2018. Nosso compromisso é com o jornalismo verdadeiro, ético e responsável. Além disso, nosso portal é interativo, dando voz aos leitores.”

Continue lendo
Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Anderson Silva e Chael Sonnen empatam em luta de exibição.

Published

on

Anderson Silva e Chael Sonnen se enfrentaram na luta principal do Spaten Fight Night, que foi realizado neste sábado, em São Paulo. O duelo marcou a despedida do brasileiro dos ringues em seu país, e foi marcado pelo encontro com um de seus mais famosos rivais. O combate, programado como exibição, teve os dois lutadores com os braços erguidos ao fim da luta, deixando-a sem vencedor.

Embalado por Seu Jorge, que cantou a famosa música que embalou Anderson Silva em seus principais combates, o Spider entrou aplaudido pela torcida, enquanto Sonnen o esperava no ringue. A torcida não chegou a hostilizar o lutador americano, mas ecoou o coro de “Uh, vai morrer” para o antigo rival do brasileiro.

Quando o combate começou, Anderson mostrou toda sua habilidade e foi ditando o ritmo do confronto, sem acelerar e levar muito perigo ao lutador americano. Wrestler por natureza, e sem tantas habilidades na trocação, Sonnen foi levando a luta durante os cinco rounds, sem incomodar o brasileiro.

Após cinco rounds de dois minutos, Anderson e Sonnen tiveram seus braços erguidos e o combate terminou sem vencedor. Combate

Silva.

Continue lendo

Esporte

Futsal: América e Apodi se enfrentam valendo a liderança do Brasileirão nesta sexta (14).

Published

on

 Em busca da liderança do grupo B do Campeonato Brasileiro de Futsal, o América enfrenta um grande adversário nesta sexta-feira (14). O alvirrubro joga o clássico potiguar da modalidade contra o Apodi/RN, pela quinta rodada da competição. A partida acontece às 20h, no ginásio Nélio Dias. Os ingressos podem ser trocados por pontos do programa Nota Potiguar.

O alvirrubro vive um bom momento nas competições em que disputa. No Brasileirão, o time atualmente é o terceiro colocado no grupo, são três vitórias em quatro partidas. Na última rodada, goleou o Ceará/CE fora de casa por 7 a 3. No estadual, o time lidera seu grupo de forma invicta. São quatro vitórias em quatro jogos. Goleou nesta terça-feira (11) o Carnaubais/RN por 6 a 1.

Um dos destaques no Mecão na temporada, o goleiro Anderson Rapadura explica que o elenco se manter comprometido é fundamental para a continuidade da boa fase. “Sabemos que estamos vivendo um momento bom de vitórias e, para manter isso, temos que nos dedicar um pouquinho mais, compreender o jogo da maneira que se pede. É tentar trazer para o jogo essa responsabilidade de se manter no topo da tabela no Brasileiro”, disse.

Contra o Apodi, o América busca a vitória para ultrapassar o rival e chegar à liderança do grupo B. Sobre o confronto direto, Rapadura aponta a expectativa para a partida e ressalta o trabalho feito até o momento.

“Temos a expectativa de um grande jogo. Sabemos da dificuldade do adversário e da responsabilidade que é defender as cores do América, mas estamos trabalhando forte para chegar bem e fazer valer tudo aquilo que temos feito dia após dia”, disse o goleiro.

Continue lendo

Esporte

Após 10 anos, nove dos 12 estádios da Copa-2014 ainda não foram pagos

Published

on

Depois de 10 anos da partida que marcou a abertura da Copa do Mundo de 2014, o Brasil ainda não pagou a conta pela realização de seu segundo Mundial de futebol. O UOL apurou que nove dos 12 estádios construídos ou reformados para o torneio ainda devem para o BNDES, responsável pelo financiamento das obras.

Só um estádio realmente pago
Para garantir que o país teria condições de receber o torneio, o governo federal criou uma linha de crédito especial. O ProCopa Arenas destinou R$ 4,145 bilhões para 11 projetos. A reforma do Mané Garrincha, em Brasília, foi a única que não usou esse dinheiro — o governo do Distrito Federal bancou.

Entre essas 11 arenas, só uma já pagou completamente a conta: o Mineirão, em Belo Horizonte. O repasse foi de R$ 400 milhões.

O segundo estádio quitado para o BNDES pode ser uma surpresa: o banco considera que a Neo Química Arena, do Corinthians, está quitada. Mas esse status precisa de um asterisco, já que a dívida com o BNDES foi paga com um repasse da Caixa Econômica Federal. Na prática, essa dívida, que começou em R$ 400 milhões, ainda existe, só mudou de credor.

UOL

Continue lendo

home