Sonho destruído em 24 horas: Estudante do Seridó é desativada do curso de medicina após mudança no SISU

Com um dia de atraso e após problemas técnicos, o Ministério da Educação (MEC) divulgou, nessa quarta-feira (31), o resultado dos selecionados no processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2024. Esta será a única edição do programa neste ano.

Um resultado chegou a ser divulgado na terça-feira (30), e muitos foram os estudantes que foram “aprovados” em um primeiro momento mas que, posteriormente, descobriram que não obtiveram a nota necessária para ingressar no ensino superior em sua primeira opção.

Foi o caso da estudante Jainy Azevedo de Araújo, de Jardim do Seridó. A família comemorou muito na terça-feira 30, mas em apenas 24 horas veio a decepção: o sonho de cursar Medicina na UFPE (Campus agreste, Caruaru) foi frustrado após o resultado oficial de ontem, 31.

“Foi um ano bastante complicado para mim. Mas, com muito esforço e dedicação conseguir almejar um resultado tão sonhado. E em um dia, meu nome estava na lista da chamada regular e no outro já não estava mais. Estou decepcionada!”, disse a garota ao conversar com o blog Jair Sampaio.

Desolada com a mudança que prejudicou Jainy Azevedo, a família dela garante que vai recorrer à justiça.

Imagens cedidas
Texto blog Jair Sampaio / Adaptação 96 FM de

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chatOlá muito o
Olá muito obrigado estamos online Fale C
Jornalismo comprometido com a verdade, de forma ética e responsável. Um portal interativo, onde o leitor também tem vez e voz.