Dentista nega ter agredido criança em cidade potiguar

O dentista envolvido em suposto caso de agressão contra uma criança durante atendimento odontológico no município de Santo Antônio, no Rio Grande do Norte, se manifestou por meio de sua defesa nesta quinta-feira (09). O profissional da saúde nega as acusações feitas pela mãe da criança e se diz surpreso com a repercussão do caso.

Em nota, a defesa do dentista informa que ainda não houve intimação da autoridade policial para que ele possa prestar os devidos esclarecimentos. Segundo o dentista, as alegações da mãe da criança “não passam de inverdades”.

O advogado de defesa, Marcell Pimentel, afirmou ainda que “não se sabe ao certo o que pode ter motivado esta tentativa de deturpar o nome de um profissional ético, dedicado e de atuação reconhecida na comunidade local”.

“Não obstante, é prudente relembrar que em nosso ordenamento jurídico vigoram a presunção de inocência, o contraditório e a ampla defesa, que serão exercidos e demonstrarão o ora exposto”, pontuou o advogado, em nota enviada à imprensa.

“Afinal, acreditamos firmemente na justiça”, concluiu o advogado.

O caso

A mãe de uma criança de três anos denunciou o dentista à Polícia Civil no dia 30 de outubro. Ela afirmou que o dentista teria dado um tapa no rosto do filho dela durante o atendimento.

A mulher disse que o filho dela estava nervoso e chorando durante o atendimento, e que o dentista teria ficado irritado e dado um tapa no rosto dele. Após denúncia, a Polícia Civil abriu uma investigação para apurar a suposta agressão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *