Connect with us

Natal

Homem de Pedro Avelino, acusado de matar a ex-mulher com mais de 10 facadas em Natal, é morto a tiros em Baixa do Meio no RN

Na noite desta quarta-feira, 15 de maio de 2024, policiais militares foram acionados com a informação de que uma residência teria sido invadida e tiros efetuados contra um morador, na rua Rio Grande do Norte em Baixa do Meio, distrito de Guamaré/RN.
Segundo informações, ao chegar no local, a vitima de nome José Candido e Melo, 61 anos de idade, natural de Pedro Avelino, já havia sido socorrido para a UPA, mas não resistiu aos ferimentos e já chegou sem vida.

Ainda de acordo com as informações colhidas pela reportagem do FOCOELHO, a vítima já com passagem pelo setor policial, fazia uso de uma tornozeleira eletrônica, por um crime de homicídio ocorrido em Natal na noite de 19 de março de 2018.

Cerca de 5 meses após o crime, no dia 20 de agosto de 2018, José Candido, foi a júri popular e condenado a 11 anos e 8 meses de prisão, com um tempo ganhou a liberdade com uso de tornozeleira.

COMO ELE MATOU A MULHER

A mulher de nome, Isolda Claudino de Almeida Melo, de 53 anos de idade, foi assassinada a facadas quando voltava do trabalho para casa no fim da tarde de segunda-feira 19 de março de 2018, na Zona Norte de Natal. Segundo a família, o homem não aceitava a separação, que tinha acontecido havia cerca de um ano.
De acordo com a polícia, a mulher desceu do ônibus na Avenida João Medeiros Filho e seguiu para a residência onde morava, na direção da região de mangue do bairro Potengi. No caminho, foi surpreendida por José Cândido de Melo, que a esperava para matá-la.

O homem desferiu golpes de faca na ex-companheira, que segundo a polícia, foi atingida em áreas de órgão vitais, como peito, a barriga, o pescoço. Ela ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *