Homem que invadiu Catedral de Natal é preso pela Guarda Municipal

O homem que chocou Natal e o Rio Grande do Norte ao ter uma conduta bizarra durante a celebração do Cerco do Jericó (Missa da Cura), na Catedral Metropolitana, foi preso pela Guarda Municipal na zona Norte de Natal. Nas imagens divulgadas na prisão, há referências a rituais satanistas. 

A informação foi publicada pelo comunicador Matheus Peres. O homem invadiu a Catedral Metropolitana de Natal, na noite de segunda-feira (28), e protagonizou uma série de desrespeitos às tradições católicas, como subir ao altar, proferir palavrões e ameaçar ao celebrante, Padre Dalmario, sentar na cadeira dele, tomar a água dele e ainda mandar os fiéis ficarem em silêncio. 

Em dado momento, ainda até limpou o rosto e o corpo com as toalhas utilizadas nos rituais da comunhão, o que levantou comentários de que estivesse “com o demônio no corpo”.


O que chamou a atenção de que acompanhou a prisão é que o homem identificado como André Luiz do Nascimento ainda tem nas redes sociais uma série de referências ao satanismo. Inclusive, se intitula “Vigilante 666”, no Instagram. Há também imagens publicadas com o que parece ser rituais de culto ao demônio. 

Na noite de terça-feira (29), o Jornal das 6 comentou a situação e destacou que a ação do homem parecia, não só de um viciado/usuário de drogas, mas também de desrespeito e intolerância religiosa.

96 FM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *