Ídolo do vôlei brasileiro deve ser denunciado após post sobre “tiro na cara de Lula”


Categories :

Um dos jogadores mais populares da atual geração do vôlei brasileiro, Wallace Leandro, do Cruzeiro e ex-seleção, causou polêmica após insinuar um tiro “na cara do presidente Lula” nas redes sociais.

O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, afirmou nesta terça-feira (31) que acionou a Advocacia-Geral da União (AGU) para tomar providências sobre uma postagem do jogador.

O atleta divulgou pergunta de um seguidor, no Instagram, sugerindo violência contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva – e abrindo uma enquete para colher a opinião de seguidores sobre o tema.

Wallace fez a postagem nesta segunda-feira (30) e apagou a publicação horas depois, mas prints passaram a circular nas redes sociais – e geraram repúdio de atletas, artistas e políticos.

A Comissão de Combate às Discriminações da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) anunciou que deve denunciar Wallace Leandro de Souza pelo crime de incitação à violência.

“Esta postagem foi feita pelo jogador de vôlei do Cruzeiro , e ex-atleta da seleção brasileira, Wallace Leandro em seu Instagram. Já acionei a AGU e vamos tomar todas as providências necessárias. Não vamos tolerar ameaças feitas por extremistas e golpistas!”, escreveu Pimenta.

O Cruzeiro, em nota, disse lamentar a publicação e pediu desculpas aos torcedores. O clube não informa se vai apurar o caso internamente e diz apenas que que reforçará com equipe, atletas e comissão técnica sobre importância da responsabilidade no uso de mídias digitais.

Com informações do G1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *