Líder do Grupo Wagner morre em acidente de avião na Rússia, diz mídia russa

O líder do grupo mercenário Wagner, Yevgeny Prigojin, morreu em um acidente de avião na Rússia, segundo a a imprensa russa. De acordo com as primeiras informações, outras nove pessoas que também estavam a bordo da aeronave faleceram. O avião voava de Moscou para São Petersburgo. Em junho, Prigojin organizou um motim, que durou menos de 24 horas. Depois, acabou exilado na Bielorrússia. Desde então, ele não era visto no país.

Prigojin estaria, segundo a imprensa russa, no jato particular Embraer Legacy com dez pessoas a bordo, que supostamente caiu na região de Tver, perto da aldeia de Kuzhenkino, informou o Ministério de Situações de Emergência. Equipes de resgate estão no local.

“Havia dez pessoas a bordo, três delas eram tripulantes. Segundo informações preliminares, todos a bordo morreram”, diz uma nota do ministério publicada pela agência RIA.

A Agência Federal de Transporte Aéreo confirmou que o nome completo do líder do Wagner aparece na lista de passageiros. Na segunda-feira, Prigojin publicou o primeiro vídeo desde o motim fracassado contra a alta cúpula de Defesa da Rússia, em junho. O líder dos mercenários sugere, nas imagens publicadas no Telegram por canais de apoiadores, que estaria no continente africano

Related posts

Leave a Comment