Mais de 22 mil quilombolas vivem no RN, aponta Censo do IBGE

De acordo com o Cenco 2022 que foi realizado pelo o IBGE, aqui no Rio Grande do Norte, vivem em cerca de 22.384 quilombolas no território potiguar. Assim, as pessoas dessa origem estão espalhadas em todo o estado por 53 cidades, o que representa 31% do RN.

Essa foi a primeira vez que o Censo incluiu no questionário perguntas para identificar pessoas que se autodenominam quilombolas.

Do total de quilombolas no RN, a maioria – 84% ou 18.939 pessoas – vivem fora de territórios quilombolas oficialmente delimitados. Já 3.445 (16%) vivem em territórios oficialmente delimitados.
Segundo o Censo do IBGE, o município do RN que conta com maior número de quilombolas é Ceará-Mirim, onde vivem 2.071 pessoas – o que representa 2,6% da população de 79.115 pessoas na cidade.

Proporcionalmente, porém, a cidade de Portalegre é quem mais tem quilombolas, com 18,4% da população local. Ao todo, são 1.399 quilombolas para uma população de 7.601 no município.

Bodó, Pureza e Georgino Avelino, por sua vez, foram cidades que registraram apenas uma pessoa quilombola. Outras 114 cidades do estado não tem nenhum quilombola, segundo o Censo.

A capital Natal tem 1.139 quilombolas, o que representa 0,15% da população.

Fonte: IBGE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *