‘Me senti quebrando ao meio’, diz homem atingido por aparelho de academia

O motorista de aplicativo atingido em um acidente com um aparelho de musculação de uma academia de Juazeiro do Norte falou com exclusividade ao UOL após passar por uma intervenção médica.

O que ele disse:

Regilaneo da Silva Inácio, 42, diz comemorar o fato de estar vivo, após ser submetido a uma cirurgia delicada para reconstrução da coluna.
“A pancada foi tão violenta, que senti eu sendo quebrando ao meio. Foi como as minhas pernas não fizessem mais parte de mim, tivessem fora do meu corpo. Graças a Deus Foi um milagre a máquina não ter atingido a minha cabeça, talvez não estaria aqui pra contar a história.”

O motorista diz não saber explicar o que aconteceu e lembra apenas de uma quantidade grande de pessoas o cercando de repente.
“Travei a máquina, desci, dei a volta, coloquei mais peso, e sentei pra descansar. E aconteceu. Na hora, hora pensei que eu tinha morrido. Eu senti o meu corpo partindo, a parte debaixo do quadril sem controle, tudo adormecido, é uma sensação tão esquisita, como se eu não tivesse as minhas pernas. A dor foi tão violenta, que na mesma hora eu tive a consciência que nunca mais voltaria a andar. O que vier pra mim é lucro. É muito difícil aceitar, porém, não vou desistir, vou correr atrás, vou buscar o 1% de chance de que eu possa andar.”

Após cirurgia, a família comemorou o registro de Regilaneo sentado em uma cadeira de rodas, o que, segundo o próprio, soube dos médicos ser improvável em tão pouco tempo. “Graças a Deus deu tudo certo. Mais do que imaginavam”, conclui.

O acidente:

Um vídeo de circuito interno mostra Regilaneo aguardando para usar o equipamento de musculação. Ele se senta na parte de baixo do aparelho quando a parte de cima despenca e cai, com peso das anilhas de mais de 150 kg, sobre os seus ombros.
Com informações do UOL

Fonte: Portal Grande Ponto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *