Morte de animais é investigada pelo IDIARN em Jucurutu; São mais de 25 bovinos e caprinos

Mais de 25 animais morreram desde o último fim de semana, em uma propriedade na zona rural de Jucurutu, no Oeste potiguar. O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn) começou uma investigação para tentar descobrir a causa das mortes.

Os animais são bezerros, garrotes, vacas leiteiras, além de ovelhas e um cavalo no sítio Soledade.

Segundo os proprietários dos animais, foram observados sintomas como diarreia, corpo trêmulo e olhos lacrimejando. Ainda de acordo com eles, os animais recusam alimentação e bebem muita água.

Técnicos do Idiarn e médicos-veterinários do estado e do município foram nesta terça-feira (14), à localidade, para analisar os corpos dos animais e colher amostras laboratoriais.

“Já morreram mais de 25 cabeças de gado, entre garrotes, bezerros, vaca leiteira. Hoje de manhã morreu um cavalo, morreu mais uma vaca. Eu já perdi as contas. Depois a gente vai contar, ver quem está faltando”, disse a produtora rural Maria da Glória dos Santos.

Segundo a produtora, as equipes técnicas retiraram amostras da água do açude local, do capim usado para o consumo do gado, além do solo.

Procurado pela reportagem, o Idiarn informou por meio de sua assessoria de imprensa que o material coletado será levado para laboratório e que o órgão terá informações mais aprofundadas sobre o caso quando receber os resultados das análises.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chatOlá muito o
Olá muito obrigado estamos online Fale C
Jornalismo comprometido com a verdade, de forma ética e responsável. Um portal interativo, onde o leitor também tem vez e voz.