conecte-se conosco

HOME

Polícia desmantela organização que furtou R$ 9 milhões em tubos de petróleo no RN

Published

on

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró (DEFUR/Mossoró) e da 43ª Delegacia de Polícia de Serra do Mel (43ª DP) deflagraram, na manhã desta quarta-feira (29), a “Operação Hefesto”. A ação visou desmantelar uma organização criminosa especializada no furto de linhas de insurgências (tubos) das concessionárias que exploram petróleo na região Oeste Potiguar.

Com mais de 60 policiais civis envolvidos, a operação cumpriu 16 mandados judiciais em diversas cidades, incluindo Mossoró, Areia Branca, Serra do Mel, Afonso Bezerra e Carnaubais. O prejuízo causado pelos criminosos foi estimado em cerca de R$ 9 milhões em menos de um ano.

Segundo as investigações, a organização criminosa operava de maneira estruturada e planejada, realizando furtos de tubos das concessionárias de petróleo para revenda no mercado ilegal.

A ação de hoje busca desarticular completamente o grupo e recuperar parte do prejuízo causado às concessionárias e à economia local. Um veículo, aparelhos celulares e demais objetos foram apreendidos.

A operação contou com o apoio de diversas delegacias da Divisão de Polícia Civil do Oeste (DIVIPOE), da Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCIN). As investigações prosseguem para identificar envolvidos e recuperar o patrimônio subtraído ilicitamente.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima por meio do Disque Denúncia 181.

Confira as últimas notícias e atualizações do Rio Grande do Norte no Blog Alex de Olho nas Notícias. Com sede em Carnaubais, Alex traz para você o melhor das notícias locais desde 2018. Nosso compromisso é com o jornalismo verdadeiro, ético e responsável. Além disso, nosso portal é interativo, dando voz aos leitores.”

Continue lendo
Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HOME

Caiu na NET: Carnaval é festa da alegria seu moço.

Published

on

Continue lendo

HOME

PCC: acusados de planejar atentado contra Moro são mortos na cadeia.

Published

on

Acusados de compor a célula de elite do Primeiro Comando da Capital (PCC) que é responsável por planejar atentados contra autoridades, Janeferson Aparecido Mariano Gomes, o Nefo, e Reginaldo Oliveira de Sousa, o Rê, foram assassinados na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, no interior paulista.

Nefo (foto em destaque) e Rê foram alvo da Operação Sequaz, deflagrada pela Polícia Federal (PF) em março de 2023, que desmantelou o plano do PCC de sequestrar e matar o senador Sergio Moro (União-PR) e a família dele. O promotor Lincoln Gakiya, do Ministério Público de São Paulo (MPSP), também era alvo do bando.

Os homicídios foram confirmados ao Metrópoles por autoridades que atuam no combate ao PCC.

Mortos.

Continue lendo

HOME

Grávida É Baleada E Tiro Fica Alojado Na Perna Do Bebê

Published

on

Uma adolescente grávida de 15 anos, com nove meses de gestação, teve que passar então por um parto de emergência após ser atingida por um disparo durante um assalto em Imperatriz, a aproximadamente 631 km de São Luís. O crime ocorreu na noite desse domingo, 16 de junho, deixando a população chocada com a violência.

Cena de violência
Segundo relatos da Polícia Militar (PMMA), a jovem estava caminhando então na rua com seu companheiro quando foram alvejados por tiros. O casal foi socorrido imediatamente, e a adolescente precisou passar por uma cesárea de urgência.

Estado de saúde e procedimentos médicos
De acordo com informações da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o estado de saúde da vítima é estável, porém o bebê, que nasceu prematuro devido à situação, precisará passar por uma cirurgia nesta segunda-feira, 17 de junho, para a remoção da bala alojada em sua perna.

Investigação em curso
Inicialmente, a polícia suspeitava que o casal tivesse sido alvo de uma tentativa de assalto. No entanto, a Delegacia Regional de Imperatriz descartou essa possibilidade após investigações preliminares. O caso agora segue sob investigação para determinar a verdadeira causa do incidente. Até o momento, nenhum suspeito foi preso, deixando a comunidade local apreensiva quanto à segurança nas ruas.

Continue lendo

home