Polícia Federal pede ao STF para devolver o celular de Ibaneis, Valdemar e Marcos do Val

O delegado da Polícia Federal Raphael Soares Astini pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, nesta sexta-feira (3), a devolução dos celulares do governador afastado do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB); do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto; e do senador Marcos do Val (Podemos-ES).

Investigado após os atos de vandalismo, o governador do DF, afastado em 8 de janeiro, entregou o aparelho de forma voluntária à corporação após ter a casa e o escritório alvos de busca e apreensão por parte da PF. Policiais também estiveram no Palácio do Buriti, ainda em janeiro.

Valdemar foi ouvido pela Polícia Federal nesta quinta-feira (2) por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), depois que ele afirmou ter tido acesso à minuta de um decreto que previa um golpe de Estado para mudar o resultado das eleições presidenciais de 2022 e impedir a posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Também foi ouvido pela corporação nesta quinta-feira Marcos do Val, que usou as redes sociais para falar sobre um suposto plano de golpe de Estado que envolve o ex-deputado Daniel Silveira e o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Cumprimentando-o cordialmente, encaminho a Vossa Excelência solicitação de autorização para a devolução dos dispositivos celulares apreendidos (após a respectiva extração de dados pelo Instituto Nacional de Criminalística) nos autos do Inquérito Policial número 2023.0003473”, afirmou o delegado no pedido.

R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chatOlá muito o
Olá muito obrigado estamos online Fale C