quente: Casal filma cena de sexo na Secretaria de Educação e vídeo com áudio e putarias acaba vazando.

Dois servidores da Secretaria Municipal de Educação de Brasnorte (571 km de Cuiabá) escolheram uma das salas do prédio público para fazer sexo e ainda filmaram parte da transa. O vídeo viralizou nas redes sociais nesta quinta-feira (15) e devido à repercussão negativa, o homem que era servidor contratado foi exonerado. Já a mulher, que é concursada, será investigada num Processo Disciplinar Administrativo (PAD).

Segundo o portal Juína Mais, o secretário municipal de Educação, Jonathan Ferreira de Melo, informou que o homem, em decorrência do cargo que ocupava, tinha livre acesso aos corredores do prédio e já foi exonerado. Já a mulher é uma servidora concursada que atua como auxiliar de sala de aula.

A gravação, feita pelo próprio casal, mostra eles sentados em uma poltrona num espaço da secretaria onde é possível ver vários quadros na parede, provavelmente de personalidades que fazem parte da educação pública de Brasnorte.

O vídeo, inclusive, tem o áudio dos servidores em ação e chega a capturar algumas palavras “chulas” ditas durante a transa para que ambos ficassem ainda mais excitados. A mulher vestia roupa erótica e os dois trocavam frases “calientes”, como “senta gostoso” e “safada”.

Até o momento, não é possível determinar se os dois tinham o costume de se ausentar durante o expediente para manterem relações sexuais. Também não se sabe no celular de qual dos dois foi feita a gravação e qual deles viralizou o vídeo.

Diante da situação, o secretário Jonathan Ferreira lamentou o ocorrido e ressaltou que a servidora está sendo alvo de uma sindicância que deverá determinar quais punições serão aplicadas ao caso. Ressaltou ainda que a Pasta é composta por “pessoas casadas e honradas, que prezam pelo ambiente profissional e ético”. As informações são da RD News.

Cavalgada né seu moço.

Deixe um comentário