Transar para secar: descubra se a polêmica “dieta do sexo” funciona.

Cada vez mais mulheres parecem estar aderindo à polêmica “dieta do sexo”. Além de Lívia Andrade, Cameron Diaz, Kim Kardashian, Pamela Anderson e Kate Hudson, a atriz Mai Mel, da RedeTV!, afirmou que é adepta do método, que consiste em fazer de três a quatro horas de sexo por dia.

“Vi uma entrevista da Kim Kardashian e fui pesquisar. Pensei: gosto muito de sexo e pouco de academia, encontrei a solução (…) Troquei a musculação pelo sexo e tem dado certo. Perdi peso e notei mais disposição. Ganhei fôlego, não canso rápido como antes. Nem no dia a dia, nem no sexo”, relatou.

Em entrevista anterior ao Metrópoles, o personal trainer Sidney Muniz explicou que o sexo não pode ser considerado um exercício, mas sim uma atividade física.

“Atividade física é todo movimento produzido pelos músculos que nos cause um gasto energético acima do que teríamos em repouso: andar do quarto para a sala, limpar a casa, lavar a louça, passear com o cachorro, fazer sexo etc”, disse.

Em média, os homens gastam 100 calorias e as mulheres 70 durante uma transa de 25 minutos, incluindo as preliminares, segundo um estudo da Universidade de Montreal, no Canadá. “Mas isso varia de casal para casal. A idade influencia, se os indivíduos são saudáveis e não obesos também. No geral, dá para perder boas calorias fazendo sexo”, argumentou Muniz.

Transar.

Deixe um comentário