Polícia Civil conclui inquérito da morte de mulher conhecida como “Moranguinho”

Policiais civis da 2ª Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) concluíram o inquérito policial do homicídio de Nayara Vitória Araújo, mais conhecida como “Moranguinho”, de 19 anos, cujo o corpo foi encontrado no dia 06 de junho de 2023, na rua Teotônio Freire, no bairro das Rocas, Zona Leste de Natal. Nesta segunda-feira (18), a Polícia Civil do RN divulgou a autoria do crime.

De acordo com as investigações, na tarde do dia 04 de junho de 2023, a vítima estava na praia de Miami, em Areia Preta, quando foi atraída por membros de uma facção criminosa para o Morro de Mãe Luiza, local onde foi morta e enterrada. Dois dias depois, seu corpo foi desenterrado, levado de carro e deixado em meio a entulhos no bairro das Rocas. O corpo da jovem foi encontrado sem vestimenta e com as pernas amarradas.

Segundo as investigações, Thiago Rossane Chaves Ferreira, vulgo “Blazy”, de 28 anos, foi o responsável pelo homicídio de Nayara, agindo na posição de liderança da facção criminosa, existindo provas que ele esteve na localidade do crime e que cedeu seu carro para a desova do cadáver. Ainda de acordo com as investigações, foram encontrados vestígios de sangue dentro do seu veículo. Sobre a motivação do crime, restou constatado que Thiago Rossane agiu em razão de suspeitar que a vítima estava trocando mensagens com um membro de uma facção rival, sendo essa causa para determinar a sua morte por disparos de arma de fogo.

Durante o curso do inquérito policial, foi expedido um mandado de prisão temporária em desfavor de Thiago, no entanto, o investigado encontra-se foragido. Ele foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, integração de organização criminosa e ocultação de cadáver.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *