Natal inicia vacinação contra a dengue para crianças entre 10 e 14 anos nesta segunda (19)

Natal inicia vacinação contra a dengue para crianças entre 10 e 14 anos nesta segunda (19)


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) Natal inicia, a partir desta segunda-feira (19), a vacinação contra a dengue para o público com idade entre 10 e 14 anos de forma escalonada. Conforme Nota Técnica n.º 11/2024-CGIRF/DPNI/SVSA/MS do Ministério da Saúde, Natal recebeu 18.806 doses do primeiro lote da vacina Qdenga (TAK-003), desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda Pharma, e inicia a primeira fase da vacinação com oito unidades de referência distribuídas nos cinco distritos sanitários da cidade.

“Vamos começar a imunização de forma escalonada, imunizando primeiro crianças de 10 a 11 anos, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, e depois ampliaremos para contemplar as crianças de 12 a 14 anos”, comenta o secretário municipal de Saúde, George Antunes.

Nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro, crianças com idade entre 10 e 11 anos devem comparecer a uma das oito unidades básicas de saúde de referência para receber a imunização. Para as crianças com idade entre 12 e 14 anos, a vacinação acontece a partir da quinta-feira (22).
A imunização acontece em oito unidades básicas de saúde de referência, escolhidas levando em consideração critérios como densidade vetorial, número de casos prováveis detectados por área (segundo o Atlas Com as Áreas Suscetíveis para o Adoecimento por Arboviroses em Natal para o Ano de 2024), além do componente socioeconômico da localidade.

O esquema vacinal é composto por duas doses do imunizante Qdenga com intervalo de três meses entre elas. Para se imunizar, o munícipe deve ter entre 10 e 14 anos, 11 meses e 29 dias, procurar uma das oito unidades durante o período especificado para cada idade, levando documento de identificação, cartão de vacinação e comprovante de residência de Natal em nome dos pais da criança.

“Como foi definido pelo Ministério da Saúde, estas vacinas foram distribuídas para algumas cidades levando em conta a questão epidemiológica de cada território, por esse motivo a necessidade da apresentação do comprovante de residência, para termos controle de quem está recebendo a vacina, e nos certificarmos que as doses estão sendo distribuídas para os munícipes de Natal”, reforça a secretária adjunta de Atenção Integral à Saúde (SAD/AIS), Rayanne Araújo.

Em Natal, foram notificados 463 casos de arboviroses até o dia 16 de fevereiro de 2024. O secretário municipal de saúde reforça que, apesar de iniciada a vacinação, o controle do mosquito ainda é o principal método de prevenção contra a Dengue, Zika e Chikungunya. “Cerca de 75% dos criadouros de mosquitos são localizados dentro ou no entorno dos domicílios, então é importante que a população fique atenta e se envolva no combate ao Aedes aegypti. O poder público está fazendo sua parte, mas é importante que a população fique atenta na sua residência, verificando pelo menos uma vez por semana locais que possam acumular água e servir de criadouros para os mosquitos”.

Quem pode se vacinar?

Crianças com idade entre 10 e 11 anos (nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro);

Crianças com idade entre 12 e 14 anos (a partir do dia 22 de fevereiro).

Quem não pode se vacinar?

Gestantes;
Lactantes;
Menores de 4 anos;
Maiores de 60 anos;
Imunossuprimidos.

Quais documentos apresentar para vacinação?

Documento de identificação pessoal;
Cartão de vacinação;
Menores de idade – Estar acompanhadas de um responsável maior de idade;
Apresentar comprovante de residência de Natal em nome dos pais.

Unidades de referência para vacinação (8h às 16h)

Norte I
UBS Pajuçara;
UBS Nordelândia.

Norte II
UBS Bela Vista;
UBS Jardim Progresso.

Leste
UBS Brasília Teimosa.

Oeste
UBS Felipe Camarão II;
UBS Dix Sept-Rosado.

Sul
UBS Ronaldo Machado.

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *