Connect with us

Brasil

Pescadores capturam peixe de 50 kg no litoral do RN

Published

on

Pescadores capturaram um peixe de aproximadamente 50 kg em uma praia na cidade de Caiçara do Norte, no litoral do Rio Grande do Norte. A pesca aconteceu no dia 29 de dezembro, mas as imagens do animal ganharam repercussão nas redes sociais nos primeiros dias de 2024.

O peixe é da espécie Camurupim e foi capturado pelos pescadores Alison Ricardo, de 23 anos, e Pedro Henrique, de 19.

Segundo Alisson, esse tipo de peixe não é raro na região, mas é difícil de pescar.

“Deu trabalho, passamos uns 40 minutos lutando com ele”, completou.

O peixe foi vendido por cerca de R$ 300, nesse caso, por ser a peça inteira. As famílias dos pescadores se sustentam dessa atividade e costumam vender o quilo do peixe por aproximadamente R$ 7.

A história foi inicialmente registrada pelo blogueiro da cidade Simário Morais. Ele contou que meses atrás um outro peixe da espécie Camurupim chegou a ser capturado em Caiçara do Norte e pesava cerca de 70 quilos.

Com informações de G1 RN

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

PAPO DE FOGÃO: Confira as receitas de rigatoni com camarão ao pesto; e rosbife Almeida

Published

on

By

RIGATONI COM CAMARÃO AO PESTO

Ingredientes:
250g de rigatoni grano duro
300g de filé de camarão
2g sal e pimenta do reino a gosto
Azeite
50g de queijo parmesão ralado
50ml de vinho branco

Modo de preparo:
Cozinhe a massa e deixe ficar al dente. Reserve.
Tempere os camarões com sal e pimenta do reino a gosto.
Aqueça bem uma frigideira, coloque um pouco de azeite e sele os camarões até dourar dos dois lados. Reserve.
Na mesma frigideira coloque o vinho, pra deglacear.
Acrescente a massa, o molho pesto e misture bem para incorporar.
Acrescente os camarões, misture, ajuste o sal e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 15 min
Tempo de cozimento: 20 min

Molho Pesto
Ingredientes:
Folhas de 1 maço de Manjericão
150g de queijo Parmesão
20g de castanha de caju
250ml de Azeite extra virgem
10g de pimenta do reino
Sal a gosto

Modo de preparo:
Coloque as folhas de manjericão, o azeite, a pimenta do reino, o parmesão e dê umas pulsadas no liquidificador.
Acrescente a castanha de caju e bata um pouco.
Ajuste o sal, pulse novamente e reserve.

Tempo de preparo: 15 min

DICA RÁPIDA

ROSBIFE ALMEIDA

Filé
Ingredientes:
500g de filé mignon
Sal e pimenta do reino a gosto
Azeite a gosto
1 colher de sopa de manteiga

Modo de preparo:
Tempere todos os lados do filé com sal e pimenta do reino ao gosto.
Aqueça bem uma frigideira, em ponto de fumaça, coloque o azeite, a manteiga e sele o filé de todos os lados até dourar.
Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 5 a 6 minutos.
Retire do forno e deixe descansar por 5 minutos.
Corte em fatias finas e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 7 min
Tempo de cozimento: 15 min

Farofa de farinha láctea
Ingredientes:
1 colher de sopa de manteiga
Fio de azeite
2 colheres de sobremesa de cebola roxa picada
1 dente de alho assado
150g de farinha láctea
10 cubos de macaxeira cozida e frita
Sal a gosto
Modo de preparo:
Coloque a manteiga e o azeite numa frigideira e misture.
Acrescente a cebola e deixe murchar.
Acrescente o alho cozido e misture tudo.
Coloque a farinha láctea, misture e ajuste o sal.
Acrescente a macaxeira frita e misture.

Tempo de preparo: 6 min
Tempo de cozimento: 10 min

Continue Reading

Brasil

ENEM 2024: Inscrições começam na segunda-feira, dia 27

Published

on

By

Foto: istock

Começa nesta segunda-feira (27) o período de inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2024. O prazo vai até 7 de junho. Já a taxa de inscrição pode ser paga até 12 de junho.

Para se inscrever, os candidatos devem acessar a Página do Participante e logar com CPF e senha do portal do governo federal Gov.br.

O valor da taxa é de R$ 85 e pode ser pago por boleto (gerado na Página do Participante), Pix, cartão de crédito ou débito.

Candidatos que tiveram a isenção aprovada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em 13 de maio ainda precisam se inscrever no exame.

No ato da inscrição, é necessário selecionar o idioma da prova de língua estrangeira: inglês ou espanhol.

Datas do Enem 2024

O Enem 2024 será aplicado em todo o país nos dias 3 e 10 de novembro.

Na primeira etapa da prova, com 5 horas e 30 minutos de duração, são avaliados os conhecimentos de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias.

No segundo dia do exame, de 5 horas de duração, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. O resultado será divulgado em 13 de janeiro de 2025.

O Enem é usado principalmente como vestibular, por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). No ano passado, foi porta de entrada para 127 instituições de ensino superior e, em 2024, serão ofertadas 264.360 vagas.

Estadão Conteúdo

Continue Reading

Brasil

Cigarro pode ser taxado em 250% e bebidas alcoólicas em até 61%, estima Banco Mundial

Published

on

By

Foto: Getty Images

Uma ferramenta desenvolvida pelo Banco Mundial traz a estimativa das alíquotas do Imposto Seletivo, o chamado “imposto do pecado”, que incidirá sobre itens considerados nocivos à saúde e ao ambiente.

Trata-se de um dos pontos de maior divergência na regulamentação da reforma tributária, que começará a ser analisada por um grupo de trabalho na Câmara dos Deputados.

O organismo internacional, que acompanha de perto a mudança nos tributos brasileiros e seus impactos distributivos, considerou uma taxa de 32,9% para os refrigerantes; 46,3% para cerveja e chope; 61,6% para outras bebidas alcoólicas; e 250% no caso dos cigarros.

Esses percentuais foram projetados pelo banco com base em informações repassadas pelo Ministério da Fazenda, mas não refletem as cobranças exatas do Seletivo, que têm particularidades conforme o produto, e só serão definidas futuramente, por meio de lei ordinária.

Em nota, a secretaria Extraordinária da Reforma Tributária afirma que repassou aos economistas do banco as alíquotas consideradas pela equipe de quantificação, as quais têm o objetivo de manter a carga tributária desses produtos. Os técnicos da Fazenda frisaram, porém, que se trata de “hipóteses de trabalho”.

O objetivo dos economistas do banco foi dar uma dimensão a essas cobranças e, assim, viabilizar simulações no âmbito do novo sistema tributário – que terá uma segunda guerra de lobbies no Congresso.

Tributaristas alertam que essa fase de regulamentação da reforma será ainda mais intricada e delicada do que o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), promulgado no ano passado.

Cada vírgula, das 360 páginas da lei complementar, poderá ter impacto na alíquota final do Imposto sobre Valor Agregado (o IVA, que unificará cinco tributos).

Por isso, a aposta do banco na criação da ferramenta, que foi batizada de Simulador de Imposto sobre Valor Agregado (SimVat, na sigla em inglês). A intenção do organismo é de que pesquisadores, parlamentares e contribuintes testem os efeitos de eventuais alterações na lei.

“Ao lançar o SimVat, o Banco Mundial enfatiza a importância de usar evidências concretas e sugestões baseadas em dados para inspirar o texto final da reforma”, diz Shireen Mahdi, economista principal da entidade para o Brasil.

A ferramenta mostra, por exemplo, que, caso não haja incidência de Seletivo sobre bebidas alcoólicas, refrigerantes e cigarros, a alíquota-padrão do novo IVA passaria de 26,5% para 28,1%.

A Fazenda tem destacado que o imposto do “pecado” não tem fins arrecadatórios, e sim regulatórios – de combater hábitos de consumo nocivos à saúde e ao ambiente.

No entanto, como uma das premissas da reforma é ser fiscalmente neutra, mantendo a carga tributária vigente, todo o sistema está inevitavelmente interligado. Logo, se a cobrança é reduzida em uma ponta, ela tem de aumentar em outra para compensar.

CNN Brasil

Continue Reading

home